• en
  • fr
  • de
  • it
  • es
  • zh-hans
  • zh-hant
  • ru
  • pt-br
  • sv

“Os melhores estudos demonstraram que a homeopatia não funciona”

Com “melhores estudos” as pessoas geralmente querem dizer revisões sistemáticas abrangentes, que analisem os resultados de todos os ensaios randomizados controlados (RCTs) disponíveis sobre um dado assunto.

Os dados mais recentes e consistentes sobre a eficácia da homeopatia são os de uma metanálise de 2014 de ensaios clínicos randomizados, duplo-cegos e controlados por placebo, que constataram que os medicamentos homeopáticos, quando prescritos durante tratamentos individualizados, têm de 1,5 a 2,0 vezes mais probabilidade de terem efeitos benéficos do que o placebo.1

Este estudo é uma das últimas quatro revisões sistemáticas abrangentes realizadas pelo Dr. Robert Mathie entre 2014 e 2019. Como explica o Dr. Mathie, se avaliamos todos os tipos de tratamentos homeopáticos em conjunto, os resultados deste programa de trabalho são “claramente positivos” para a homeopatia.

Isso reafirma a necessidade de realizar mais pesquisas para consolidar e atualizar a base de evidências na homeopatia. Contudo, essas revisões sistemáticas e metanálises ajudaram a identificar áreas mais promissoras, ajudando os pesquisadores a identificarem onde concentrar seus esforços para informar aos responsáveis pelas tomadas de decisões e aos pacientes sobre o potencial dos tratamentos homeopáticos.

Para mais informações sobre as últimas revisões sistemáticas, além de revisões sistemáticas históricas sobre a homeopatia (1991 – 2005), consulte Visão geral dos ensaios clínicos.

Se há cinco estudos positivos e apenas um estudo negativo, por que algumas pessoas ainda se recusam a aceitar o que as evidências dizem?

A questão parece ser de “viés de plausibilidade”, isto é, aqueles que detém uma crença anterior de que a homeopatia é impossível verão os resultados de pesquisas de modo diferente daqueles que acreditam que a homeopatia pode funcionar ou de fato funciona.

Já em 1991, os autores do primeiro desses estudos importantes expressaram isso muito claramente no seu próprio trabalho:2

“A quantidade de evidências positivas mesmo entre os melhores estudos foi surpreendente para nós. Com base nessas evidências, estaríamos preparados para aceitar que a homeopatia pode ser eficaz, desde que o mecanismo de ação fosse mais plausível”.

Vale ressaltar que nenhuma das revisões do Dr. Mathie foi aceita para inclusão na Revisão de estudos sobre homeopatia de 2015 do NHMRC porque foram publicadas numa data posterior (o estudo incluiu publicações até 2013) e porque não fornecem nenhuma prova cientificamente comprovada sobre a eficácia dos produtos homeopáticos em nenhuma doença. No entanto, é difícil entender por que a declaração de posicionamento da EASAC de 2017 sobre a homeopatia não menciona essas quatro revisões, sendo os dados mais relevantes e consistentes sobre o assunto naquele momento.

ReferênciasMenos

1. Mathie RT et al. Randomised placebo-controlled trials of individualised homeopathic treatment: systematic review and meta-analysis. Systematic Reviews, 2014; 3: 142
 | Full text

2. Kleijnen J, Knipschild P, ter Riet G. Clinical trials of homeopathy. BMJ, 1991302: 960 | PubMed

Voltar às FAQs sobre homeopatia

Best studies show it doesn't work_213243274

Share via
Copy link
Powered by Social Snap